PREFEITURA, CÂMARA E ACIABA UNIDOS POR BARRO ALTO
24 de agosto de 2019

Unidos, representantes de Barro Alto vão a MG conhecer relação da Anglo American com comunidade local

Uma comitiva de Barro Alto esteve na quarta-feira (21) em Conceição do Mato Dentro (MG), conhecendo a relação que a mineradora Anglo American tem com a comunidade local.

Participaram da comitiva: o prefeito Luciano Lucena (PSDB), os vereadores Maurício Assis Neves (presidente, PPS), Lindamar Pacheco (MDB), Elismar Barbosa (PPS), Luis Palhares (Pros), Gilmar Rodrigues (PSC), Zenaide Diniz (PTB), além dos diretores da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Barro Alto (Aciaba): Anésia Rabelo (presidente), Lindomar, Julio, Danilo e Arthur.

A união de forças dos representantes da comunidade de Barro Alto tem a missão de cobrar da Anglo American uma contrapartida mais justa, a exemplo do que acontece na cidade mineira, onde está instalada uma planta de mineração.

A comitiva foi recebida pela vice-prefeita Ivete Ottoni (MDB) e pelo presidente da Câmara, Claudinho Ziriguidum (Podemos), além de secretários municipais e lideranças empresariais de Conceição do Mato Dentro.

Município de aproximadamente 18 mil habitantes, Conceição do Mato Dentro recebeu importantes investimentos da Anglo American sem que precisasse reduzir os impostos, como a construção de uma vila de 200 casas para os funcionários, uma escola particular, para que os filhos dos funcionários possam estudar e uma faculdade, entre outros benefícios.

Barro Alto, por sua vez, com mais de 10 mil habitantes, não tem recebido grandes investimentos por parte da mineradora. desde 2014 tem procurado a empresa, solicitando a contratação de mão de obra local, valorização das empresas locais, permanência das empresas terceirizadas no município, permanências de seus funcionários em Barro Alto, mas a Anglo American não tem dado o respaldo necessário.

Recentemente, a Aciaba realizou uma manifestação, afirmando que diversas reuniões já foram feitas desde a instalação da empresa, com o intuito da mesma atuar com um maior compromisso social com Barro Alto, o que não ocorreu até agora.

A visita foi considerada pela comitiva como o primeiro passo para uma nova forma de cobrar da Anglo American as contrapartidas sociais que Barro Alto merece.