PROJETO DE 100 MIL VOTOS
5 de Maio de 2018

Jean Carlo se consolida como um dos favoritos para deputado federal

O deputado Jean Carlo (PSDB) faz questão de lembrar que, quando decidiu colocar seu nome, em 2014, para a disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa, foi chamado de louco.

Há mais de três décadas, sua cidade, Itaberaí, não elegia um deputado estadual. Resultado: recebeu 9.859 votos na cidade, praticamente 50% dos votos válidos. Amealhou em todo o estado 34.872 votos em 202 municípios. Foi a grande revelação do pleito eleitoral.

Assim que assumiu o mandato começou a trabalhar intensamente, atendendo suas bases e tendo destaque no parlamento. Muitos de seus apoiadores mais próximos sugeriram que Jean deveria sonhar mais alto e buscar uma cadeira na Câmara Federal.

Obstinado por desafios, o deputado abraçou a ideia e começou a trabalhar nesse sentido. De novo, no início, foi chamado de louco. Afinal, o último deputado federal que Itaberaí elegeu foi há quase 2 séculos. “Mas a história está aí para ser reescrita e, com muita humildade e disposição, estou buscando dar continuidade ao meu trabalho, ter um poder de representação maior, para ajudar os prefeitos a terem recursos para suas cidades. Sou municipalista”, afirma.

BONS COLÉGIOS ELEITORAIS

Jean conta que pesquisas feitas em Itaberaí, sua cidade-base, o coloca com 70% das intenções de voto. “Isso significa que nosso trabalho está sendo aprovado e que a cidade também sonha com nosso projeto de ser deputado federal”, interpreta o deputado estadual.

Está também em todas as bolsas de apostas do mundo político de Goiás como um dos favoritos a uma das 17 vagas para a Câmara.

Mas assim como na disputa estadual, só os votos de seus conterrâneos não são suficientes para catapultar Jean para Brasília. Por isso, ele tem trabalhado intensamente e fechado bases de apoio sólidas em importantes e populosas cidades do Estado: Cidade de Goiás, Inhumas, Senador Canedo, Planaltina, Catalão, Ipameri, Santo Antônio do Descoberto, Uruaçu e Porangatu. Mas também em municípios com menos eleitores, mas com importantes lideranças. “Temos trabalho político visando a eleição em 140 cidades, em todas as regiões de Goiás”, garante.

“Iremos em busca dos 100 mil votos”, projeta. “Acredito na força do trabalho duro e tenho convicção que posso trazer novos ideais e novas propostas para fazer algo diferente no Congresso Nacional”, finaliza.