JÁ TRABALHANDO
29 de janeiro de 2019

Senador eleito Vanderlan Cardoso discute desvio da BR 153 para acabar com o congestionamento em Goiânia

O senador eleito, Vanderlan Cardoso (PP) esteve nesta segunda-feira (28) pela manhã na sede da Triunfo|Concebra, concessionária responsável pela BR 153, conversando com o diretor presidente, o engenheiro Odenir José Sanches, acompanhado do ex-deputado Euler de Morais, para tratar do desvio da parte da rodovia que passa pelo perímetro urbano de Goiânia e Região Metropolitana. O projeto da mudança da BR 153 está pronto há vários anos, mas nunca saiu do papel.

Vanderlan destacou a importância da obra para o tráfego na região, pois ao criar uma rota alternativa haveria considerável melhora no trânsito e eliminaria o desconforto gerado pela obrigatoriedade de caminhões e outros veículos transitarem pela parte urbana da BR 153, mesmo que o destino dos motoristas seja outras cidades. Isso significaria ganho de tempo para os motoristas, menos congestionamentos e riscos de atropelamentos para os moradores da região.

“O presidente Odenir Sanches nos recebeu muito bem e nos apresentou todo o projeto para o Contorno Viário de Goiânia. Recebi, inclusive, uma cópia que estou levando comigo e vou aprofundar a análise com técnicos da área, mas é bastante claro que essa obra precisa sair do papel logo. Ao passar dentro de Goiânia, a rodovia causa muitos transtornos e até mortes, nos inúmeros atropelamentos que acontecem de forma corriqueira”, destaca o senador eleito.

À época em que estava à frente da Prefeitura de Senador Canedo, Vanderlan Cardoso foi o responsável por coordenar a elaboração dos projetos das principais vias de acesso e de saída da cidade, por isso está guarnecido de conhecimento suficiente para ajudar nesse processo. “Inclusive o autor do projeto do desvio da BR 153, o engenheiro Antônio Basílio, é o mesmo que fez o nosso projeto em Senador Canedo”, explica.

O senador eleito ressaltou ainda que o presidente da Triunfo|Concebra está realmente empenhado em dar prosseguimento ao projeto e que ele, no Senado Federal a partir de 1º de fevereiro deste ano, irá colaborar para que isso aconteça. “O presidente Odenir quer ver o projeto pronto e os motoristas precisam do desvio, então devemos trabalhar para agilizar as obras. Precisamos dar mais qualidade de vida à nossa gente que precisa passar por ali diariamente e sempre enfrenta um grande congestionamento”, pontua.

Entenda o caso

Inicialmente o projeto previa um desvio de aproximadamente 30 Km, que partiria do Jardim Marilia, em Aparecida de Goiânia, passando atrás do autódromo de Goiânia até o posto da Polícia Rodoviária Federal, na saída para Anápolis. O acordo entre Ministério dos Transportes, Concessionária Triunfo|Concebra, ANTT, Governo de Goiás e prefeituras, inclusive, já havia sido fechado e o custo estimado era de R$ 350 milhões para obras e desapropriações. Porém as obras nunca tiveram início.

Recentemente constataram que o projeto já estava defasado e não resolveria mais o problema do trânsito em Aparecida de Goiânia. Então foi feito um novo projeto em que o desvio começa na cidade de Hidrolândia, passa por Aparecida de Goiânia, Goiânia e Senador Canedo. Com isso o desvio passaria a ter 44 Km de rodovia duplicada e iluminada. As mudanças refletiram em aumento nos custos e acabou por fazer com que a obra continuasse apenas no papel, até hoje.